Alertas
871 Imóveis
Quinta, 26 Maio 2022
Procurar Imóvel
Férias AlgarveÁrea de Clientes
Moradia V7 Bidoeira de Cima Leiria para comprar - garagem, equipado, aquecimento central, alarme, zona muito calma
495.000€
thumbMoradia V7 Bidoeira de Cima Leiria para comprar - garagem, equipado, aquecimento central, alarme, zona muito calma
0
t1t2t3t4t5REF PD-030459372,88m²  4.666m²Moradia de tipologia T7 com excelente exposição solar, encontra-se inserida em lote de terreno com 4666m² em zona muito calma, bons acessos, grande proximidade à Cidade de Leiria e zona costeira, praia de Vieira de Leiria, Marinha Grande Este imóvel apresenta-se com uma área de 372m² de grande funcionalidade e harmoniosa distribuição de espaços: Ampla Sala de estar com recuperador de Calor Cozinha em Open Space equipada Garagem Churrasqueira Cozinha de acesso exterior Escritorio com acesso exterior 3 Quartos com Roupeiro 4 Suites 2 WC de serviço Zonas de circulação Apresenta acabamentos de qualidade superior, equipado com instalação de alarme, estores electricos, caixilharia com vidro duplo com protecção UV, janelas oscilobatentes, pré-instalação de ar condicionado e aquecimento central e sistema de distribuição multimédia. Garagem para 4 viaturas. Venha conhecer este fantástico imóvel localizado no distrito de Leiria. O primeiro núcleo da cidade de Leiria surge, por razões defensivas, no séc. XII, em plena reconquista do território aos mouros, com a edificação do castelo em 1135 por D. Afonso Henriques. O crescimento extra-muros deu-se primeiro a norte, no sopé do morro do Castelo, e depois para sul, no vale junto ao rio, em torno da Igreja de S. Martinho. A 13 de Junho de 1545, Leiria foi elevada a cidade, sendo objeto de dois importantes acontecimentos: a demolição da Igreja de S. Martinho, que deu origem à abertura da Praça de S. Martinho, hoje denominada Rodrigues Lobo e a construção da Sé. No séc. XVIII são executadas as obras de regularização do leito do rio, que o desviaram 100 metros para sul, permitindo criar o Rossio. No séc. XIX, destacam-se: a destruição provocada pelas Invasões Francesas; a demolição do palácio dos Vila-Real, que permitiu a abertura, a sul, da Praça Rodrigues Lobo e uma ligação mais franca ao Rossio, bem como a abertura de novos arruamentos para facilitar a circulação. O Centro Histórico que hoje conhecemos é um legado sobretudo do séc. XIX, já que a maior parte do edificado é dessa altura, embora persista a matriz da malha urbana medieval.
« Anterior1Seguinte »
Condições Gerais | Cookies | Política de Privacidade | Resolução Alternativa de Litígios
Copyright 2005-2022 © GTSoftLab Inc. All rights reserved. (0,021)
Powered by
GTSoftLab